Ensinar Ciência desde pequenino…


É incontestável que a Ciência hoje em dia, devido à sua natureza e sobretudo ao seu
desenvolvimento, deixou de ser um assunto meramente de cientistas, e diz respeito aos cidadãos em geral.
A palavra ciência está relacionada com a compreensão das coisas e da razão pela qual elas se comportam de determinada forma. Assim, ao ensinar ciência estamos a ajudar as crianças a compreender o mundo à sua volta.
Quando as crianças fazem experiências e investigam para responder a questões como “O que acontece se …?” ou “Quais as diferenças e as semelhanças entre …?”, elas estão envolvidas na aprendizagem de ciência.
Investigar se os vegetais e as frutas têm água; quais as características da água e das suas propriedades, porque é que as castanhas têm que ser retalhadas antes de serem assadas; ou porque é que os bolos e o pão crescem com o fermento é estudar ciência.
A ciência não é uma coisa misteriosa! A ciência que pode fazer com as suas crianças consiste basicamente em ser curioso, observar, questionar-se sobre como as coisas funcionam, procurar respostas, experimentar e aprender, concluir e relacionar.
Sobretudo é importante que tomem consciência que a ciência nos diz respeito a todos e que está presente no nosso quotidiano.
Já reparou que a sua cozinha é um pequeno laboratório? Todos os dias realizamos saborosas reacções químicas, fenómenos físicos apetitosos e processos biológicos deliciosos!
Quanto às experiências, deixe que sejam as crianças a experimentar – a tocar,
a manipular, a medir. Ajude-as, acompanhe-as sempre, tendo em mente que se trata de um projeto conjunto, mas deixe-as fazer.
O ensino experimental levado a cabo da forma acima referida além de ser motivador, desenvolver as capacidades manipulativas e de raciocínio e permitir um melhor conhecimento do mundo que nos rodeia, permite desenvolver competências noutras áreas curriculares.
Explorar o ensino de ciências com crianças pequenas é trabalhar com uma das suas principais motivações: a curiosidade pelo mundo.

Artigo publicado em: Somos família

0 comentários:

Publicar um comentário